O que é tráfego orgânico e como aumentar visitas em um site?

O que é tráfego orgânico e como aumentar visitas em um site?

Hoje em dia as visitas ao site podem alavancar as vendas e impulsionar sua empresa, e o marketing digital é fundamental para atrair pessoas e aumentar o público para os canais digitais.

Até pouco tempo, as principais maneiras de atrair clientes era pagando para ter exposição, porém a internet evoluiu e esse cenário mudou, onde se pode gerar visitas e leads sem investir dinheiro, chamando-o assim de tráfego orgânico.

Com este artigo você entenderá os objetivos e o que é tráfego orgânico e como aumentar as visitas de um site.

O que é tráfego orgânico?

Os canais digitais recebem visitas em seus sites e blogs, chamados de tráfego. O tráfego orgânico refere-se as visitas conquistadas espontaneamente, sem o uso de anúncio, oriundos de mecanismos de busca como o google ou bing.

O tráfego orgânico se difere do tráfego pago é que você gasta uma vez e colhe frutos por muito mais tempo. Um artigo no blog pode custar dinheiro e tempo para criação, porém gerará resultados por mais tempo, ao passo que um anúncio ficará disponível pelo tempo que se paga.

Tipos de tráfego

O painel do Google Analytics possui diversos nomes de tráfego, divididos entre pagos e orgânicos, especificando como determinado visitante chegou em cada página.

Conheça alguns dos outros nomes:

Pago: atrai visitantes conforme os anúncios no google;

Direto: quando a pessoa acessa o site diretamente, sem passar por outro site, sendo uma forma de tráfego orgânico, que não vem de fonte paga;

Social: onde os acessos são oriundos das redes sociais, como links compartilhados que direcionam os tráfegos para o site;

De referência: quando a visita parte de um site qualquer, sem ser de mecanismo de busca, como através backlinks para artigo do seu blog.

Benefícios de investir em tráfego orgânico

O marketing digital é o alvo principal das empresas, e entenda os benefícios.

Custo-Benefício

O tráfego orgânico reduz os custos com estratégia de marketing, onde a margem de lucro das vendas é maior.

Escalabilidade

Parando de pagar, os anúncios deixam de aparecer e com isso, há diminuição no tráfego, já que os anúncios não são escalonáveis. Com o tráfego orgânico quanto mais visitas, menor o custo.

Relevância

Os anúncios pagos estão a mostra no google, assim o usuário sabe que a página é paga e está sendo tentado vender algo. O tráfego orgânico é genuíno e ganha credibilidade por não ser pago.

Duração

A estratégia orgânica não tem prazo de validade, já que o artigo ficará disponível até alguém o excluir. Nesse caso, um único blog pode gerar muitas vendas por longos períodos.

Construção de relacionamento

O tráfego pago é indicado para vendas imediatas, já o tráfego orgânico constrói relacionamentos e acompanha o cliente conforme a sua jornada de compra.

Estratégias para gerar tráfego orgânico

Agora que você sabe do que se trata o tráfego orgânico, investir em uma estratégia para conseguir as visitas:

Marketing de conteúdo

Pilar do marketing digital, o tráfego orgânico acontece sem conteúdo específico a uma pessoa, pois quer atrair sem recorrer a fontes pagas.

SEO

Search Engine Optimization ou SEO é um mecanismo de busca otimizado, visando tornar seu site mais fácil de ser encontrado pelo google. O SEO leva tempo e requer disciplina e dependerá de uma análise de como está o site e o que precisa mudar. Um site bem-visto pelo google é candidato a gerar tráfego orgânico.

E-mail marketing

Um relacionamento é construído por pessoas que acessam seu conteúdo, transformando visitas em leads e em clientes futuramente, e o melhor canal para cultivar o interesse e um público cativo, com e-mail direcionado para visitas e promoções.

Imagem ilustrativa com a sigla SEO

Veja como potencializar a geração do tráfego orgânico

Há estratégias e atitudes menores que podem auxiliar a aquisição de tráfego orgânico, tendo sucesso com os 5 hacks básicos para impulsionar e qualificar sua empresa.

  1. Foco total na persona: é preciso pensar em quem vai consumir e não somente pensar no google e a relevância. Pense no que o visitante precisa e quer, como são realizadas as buscas e nas respostas que se pode incluir. Aprenda como a busca por respostas pode ajudar nas principais dúvidas ou problemas e planeje.
  2. Palavras-chave: o rastreio de palavras-chave pode ranquear seu conteúdo nos mecanismos de busca, auxiliando na busca do usuário e nos conteúdos que melhor atendem a demanda. Melhorando a estrutura das pesquisas, independentemente do tamanho do blog.
  3. Descrição de conteúdo para o google: para a atração da atenção de usuários, o google permite aparecer de forma diferente na página de busca, podendo personalizar um artigo ou página. Otimizando o conteúdo, pode-se persuadir o usuário.
  4. Conteúdos publicados em diferentes formatos: o conteúdo precisa ter alta relevância para o público, podendo ser distribuído em diversos formatos, modificando algo para publicar conforme cada plataforma. O material pode ser publicado:
    1. Blog post;
    1. Infográfico;
    1. Vídeo;
    1. E-book;
    1. Slides, entre outros.
  5. Tempo de produção de conteúdo e promoção: o esforço para promover o mesmo conteúdo, também é importante publicar em diversas plataformas. O tempo para promoção do conteúdo poderá ser fundamental para a distribuição e o público poderá encontrar facilmente sua marca, sem anúncios.

O tráfego orgânico leva tempo, exige pesquisa e regularidade na produção do conteúdo, mas esse trabalho valerá a pena pois trará resultados consistentes, escaláveis e com longa duração.

Algumas dicas para aumentar o tráfego orgânico no seu site

Agora algumas dicas para aumentar o tráfego orgânico do seu site:

  • Otimizar o SEO;
  • Criar conteúdos relevantes;
  • Divulgar nas redes sociais;
  • Diferentes tipos e formatos;
  • Títulos atrativos;
  • Conhecer o público-alvo;
  • Trabalhar fortemente no blog;
  • Investir na automação de marketing.

Com essas dicas, é certo o engajamento nas buscas e o aumento de acessos.

Invista em técnicas de copywrinting para também ter um conteúdo consistente e um bom artigo divulgado.

Considerações finais

Hoje vivemos nosso maior tempo nas redes sociais, então por que não usar para alavancar os negócios e na captação de clientes e vendas? Utilize a rede para o futuro dos negócios.